A diretoria da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) realizou mais duas solicitações de inclusão de zootecnistas em concursos públicos. Desta vez, os encaminhamentos foram para a Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Estado do Amazonas (ADAF) a Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (ADEPARÁ). Os editais podem ser acessados aqui e aqui. Ambos ofertam vagas que podem ser executadas por zootecnistas, mas, em suas especificações, não permitem a participação da categoria.

Na argumentação da ABZ, assinada pelo presidente da associação, Marinaldo Divino Ribeiro, as instituições são alertadas sobre o que prevê a Lei Federal nº: 5.550/1968, que dispõe sobre o exercício do zootecnista, especialmente em seu artigo 3º, que descreve as atribuições privativas dos profissionais. A Resolução CNE/CES nº: 04/2006, que dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação em Zootecnia, o contingente profissional, além de outros argumentos, também são mencionados.

“Precisamos estar atentos aos concursos que são lançados e se nossa categoria está sendo penalizada de alguma forma. É necessário se manifestar, tanto através da associação, quanto até individualmente. Nestes casos, se muitas pessoas mostrarem indignação, é mais fácil conseguirmos resultados favoráveis”.

As solicitações foram feitas pela ABZ nesta quarta feira (5). Quando uma resposta for dada pelas instituições, elas serão divulgadas através do site da associação.

Acesse os ofícios enviados pela associação aqui e aqui.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Associação Brasileira de Zootecnistas
ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?