A tecnologia está cada vez mais inserida no cenário agropecuário no mundo todo. Na zootecnia, uma técnica relativamente nova vem auxiliando no gerenciamento detalhado de todo o sistema de produção, garantindo ao pecuarista, mesmo no caso de grandes rebanhos, tomar decisões precisas e de forma rápida. A nova tecnologia é chamada de zootecnia de precisão.

De acordo com informações da revista Globo Rural, que abordou a nova tecnologia em um conteúdo recente, a técnica compõe um conceito denominado “fazenda inteligente” pelos especialistas.

“A ‘fazenda inteligente’ já é uma realidade no continente europeu e nos EUA e está cada vez mais presente no Brasil”, explica Daniela Jorge de Moura, diretora da Faculdade de Engenharia Agrícola (Feagri), da Unicamp, e uma das percursoras dos estudos de zootecnia de precisão no país.

Segundo Daniela, a tecnologia engloba todas as atividades rotineiras da fazenda, permitindo que o pecuarista efetue um planejamento minucioso a cada dia. As ações desta tecnologia auxiliam nos campos da nutrição, manejo, sanidade, bem-estar do animal e até na simulação de retorno.  Ainda segundo a especialista, a técnica se utiliza de câmeras, microfones e sensores, que realizam um monitoramento de 24 horas por dia na fazenda.

“Ao analisar o comportamento animal e as suas respostas a cada segundo, o fazendeiro torna-se mais competitivo”, explica Daniel Berckmans, professor de Universidade de KU Leuven, na Béliga.

1 Comentário
  1. Cristian schu 3 anos atrás

    Muito interessante sou biólogo ,mas uma das coisas que mais mechama atenção nos animais é o comportamento se nos entendermos os animais consequente mente poderemos usufruir o melhor desses animais.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?