ABZ apresenta demandas da zootecnia brasileira ao CFMV

O presidente da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ), Marinaldo Divino Ribeiro, e o vice-presidente Cássio José da Silva, estiveram em audiência com parte da nova diretoria do Conselho Federal de Medicina Veterinária, agora liderado pelo médico veterinário Francisco Cavalcanti de Almeida. A reunião foi para a ABZ apresentar demandas que beneficiarão a zootecnia brasileira. As demandas apresentadas na reunião foram protocoladas junto a autarquia.

Da esquerda para direita: Marinaldo Divino Ribeiro, presidente da ABZ, Francisco Cavalcanti de Almeida, presidente do CFMV, Luiz Carlos Barboza Tavares, vice-presidente do CFMV e Cássio José da Silva, vice-presidente da ABZ (Foto: Ascom CFMV)

De acordo com Marinaldo, as demandas apresentadas são pleitos antigos da associação, que já havia tentado estabelecer conversas com a antiga diretoria do CFMV, porém, sem sucesso até então. Com a saída do antigo presidente do sistema de Conselhos e a entrada de Cavalcanti, uma luz se acendeu para os zootecnistas.

“Ficamos por muito tempo fora dos planos do CFMV, mas agora isso está prestes a mudar. Desde as nossas primeiras conversas, o novo presidente do Conselho foi muito receptivo em ouvir e atender as demandas da zootecnia, sabendo o importante papel que temos na produção animal”.

No documento protocolado pela ABZ, 14 demandas foram apresentadas ao CFMV. Entre os pedidos estão: revisão das resoluções internas do Conselho que impedem ou restringem o direito de livre exercício da sua competência pelos profissionais zootecnista; revisão do modelo de gestão do sistema CFMV de forma a incluir a governança compartilhada isonômica entre a zootecnia e veterinária na estrutura de gestão nas instâncias da Diretoria Executiva e do Conselho Fiscal; Constituição da Câmara Temática Especializada específica para a Zootecnia; revisão dos manuais de responsabilidade técnica de forma a permitir que a competência possa ser exercida sem prejulgamento de impossibilidade por exclusividade de atuação profissional, entre outras. (Para conferir a lista de demandas completa, clique aqui).

“O novo presidente manifestou que acolherá as demandas e se comprometeu a trabalhar em sintonia com a ABZ para atendê-las. Se colocou em aberto a receptividade das demandas da zootecnia apresentadas por nós e ratificou seu desejo de estreitar os laços institucionais e atuação em favor das categorias de forma correta e justa”.

Na oportunidade, a ABZ também protocolou um segundo documento, com sugestões de nomes para composição da Câmara Técnica especializada em Zootecnia a ser criada pelo conselho em atendimento a solicitação de Francisco.

Nomes sugeridos pela ABZ para composição da Câmara Técnica

No dia 25 deste mês, a ABZ tem mais um encontro marcado no CFMV para uma reunião da nova gestão com as entidades da zootecnia e veterinária.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Associação Brasileira de Zootecnistas
Desenvolvido por Agrobase
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account