(Foto: Reprodução)

A diretoria da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) emitiu nota de pesar pela morte da pesquisadora Ana Maria Primavesi, ocorrido no último domingo (5). Ana Maria tinha 99 anos, era engenheira agrônoma de formação e contribuiu muito para o desenvolvimento do setor agro nacional.

Nascida na Áustria, Ana Maria começou, ainda na Europa, seus estudos sobre o solo, sua grande paixão. Foi presa e perseguida pelo nazismo, indo parar em um campo concentração durante a Segunda Guerra Mundial. Chegou no Brasil na década de 1950. Sua casa foi a Universidade Federal de Santa Maria (RS). Na instituição ela criou o primeiro curso de pós-graduação em agricultura orgânica e não parou mais.

“Ela era muito respeitada não só na agropecuária brasileira, mas no mundo. O legado que ela deixa é inestimável”, relembra o presidente da ABZ, Marinaldo Divino Ribeiro.

Ana Maria foi autora de vários livros sobre os temas de agroecologia e a matriarca de uma família dedicada a fazer agricultura sustentável, porque acreditava que o solo, um ser vivo, devia ter um tratamento à altura de suas nobres finalidades: a de produzir alimentos. Entre suas obras destaca-se “Manejo ecológico do solo: a agricultura em regiões tropicais”; “Agroecologia: ecosfera, tecnosfera e agricultura”; “Manejo ecológico de pragas e doenças: técnicas alternativas para a produção agropecuária e defesa do meio ambiente”; “A Convenção dos Ventos – Agroecologia em contos”; “Manual do Solo Vivo”; e “Manual Ecológico de Pragas e Doenças”.

Primavesi também fez parte do grupo que criou a Associação da Agricultora Orgânica (AOO). Pela atuação, recebeu inúmeras homenagens ainda em vida. Uma das mais relevantes foi a One World Award, da Federação Internacional dos Movimentos da Agricultura Orgânica (IFOAM).

A ABZ se solidariza com a família e amigos neste momento de tristeza pela perda desta grande profissional que realizou importantes contribuições em prol da agropecuária no Brasil.

1 Comentário
  1. Lázaro Borges da Silva 2 semanas atrás

    Eu fui aluno da Dra Ana Maria Primavesi.
    Eu ainda não tive oportunidade de conhecer um pesquisador com conhecimento próximo ao dela.
    No meu humilde conhecimento, acredito que todo produtor rural deveria ler e ter as obras dela para estudos diários.
    Perdemos uma pesquisadora diferenciada. Os ensinamentos dela ficaram para nós.
    Resta-me desejar que sua alma descanse em paz

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?