A Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) está expandindo seu escopo de atuação e plano de trabalho em todo o país para a próxima gestão, que será iniciada em setembro deste ano. Antes mesmo da posse, a diretoria eleita já realiza reuniões com os novos diretores, que serão responsáveis por articular avanços para a profissão em cada Estado e, também, por acolher demandas da categoria e trazê-las à ABZ Nacional.

“Nossos diretores estaduais e suas equipes têm função primordial nos quadros da ABZ e queremos valorizar ainda mais isso na próxima gestão. Eles serão o rosto e a voz da Associação ao redor do país, lutando pelas nossas pautas e auxiliando no engajamento da comunidade zootécnica em torno de temas pertinentes a todos”, detalha Marinaldo Divino Ribeiro, presidente reeleito da ABZ.

Na semana passada, Marinaldo esteve em reunião com grande parte dos novos diretores para alinhar as ações da nova gestão, foco de trabalho e composição das diretorias, que a partir de agora passarão a contar obrigatoriamente com pelo menos três membros: além do diretor(a) principal, serão nomeados diretores adjuntos e representantes discentes em cada órgão.

O Amapá é um dos Estados que já sinalizou interesse em expandir ainda mais seu trabalho através de diretoria colegiada, criando também as posições de Secretária Executiva, Assessoria de Relações Institucionais e Assessoria de Comunicação. Todos os cargos das diretorias são voluntários.

“Potencializando as nossas diretorias e dando publicidade a esses trabalhos importantes para a categoria, vamos fortalecer a relação com os nossos profissionais e futuros zootecnistas. Aproximando-os da ABZ, temos mais força para cobrar pautas à nível nacional”, reforçou Marinaldo.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?