A diretoria da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) solicitou formalmente à direção-geral brasileira da Itaipu Binacional a liberação para que acadêmicos de Zootecnia também possam se inscrever no Programa de Estágio de Férias na instituição. A empresa pública abriu o processo neste mês para áreas em que acadêmicos de Zootecnia podem atuar, porém, as inscrições são permitidas apenas para estudantes de Medicina Veterinária, Engenharia Agronômica e Ciências Biológicas.

“O desconhecimento para a criação deste tipo de edital continua excluindo acadêmicos e zootecnistas de processos importantes. Por isso estamos intensificando os contatos da ABZ neste sentido, para evitar que novos processos destas mesmas instituições contem com os mesmos erros futuramente”, explica o presidente da ABZ, Marinaldo Divino Ribeiro.

Na argumentação da ABZ, a Itaipu é alertada sobre o que prevê a Lei Federal nº: 5.550/1968, que dispõe sobre o exercício do zootecnista, especialmente em seu artigo 3º, que descreve as atribuições privativas dos profissionais. A Resolução CNE/CES nº: 04/2006, que dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação em Zootecnia, o contingente profissional, além de outros argumentos, também são mencionados.

Para conferir o ofício encaminhado à direção da Itaipu Binacional, clique aqui. A solicitação foi feita pela ABZ nesta quarta feira (6). Quando uma resposta for dada pela Itaipu, ela será divulgada através do site da associação.

Para encaminhar editais que excluem zootecnistas e acadêmicos de áreas pertinentes à profissão, entre em contato pelo abz@abz.org.br.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?