O zootecnista e professor Rondon Yamane do Instituto Federal do Amazonas (IFAM), campus Itacoatiara, teve sua dissertação escolhida por unanimidade como a melhor dissertação defendida em 2018 no Programa de Pós-graduação em Ciência e Tecnologia para Recursos Amazônicos (PPGCTRA), da Universidade Federal do Amazonas (UFAM). Seu trabalho, defendido como tese de mestrado, abordou o sistema Aquaponia como ferramenta didática para formação inicial e continuada de professores de ciências.

(Foto: Arquivo pessoal)

“Foi com muita alegria que recebi a notícia de que minha dissertação havia sido escolhida a melhor do ano de 2018. Foi muito empenho e dedicação, pois, durante o mestrado continuei trabalhando, fiz disciplinas, realizei a pesquisa e continuei orientando meus alunos e desenvolvendo os projetos que estavam em andamento”, disse Rondon.

Para Rondon, a Zootecnia tem se destacado muito na área da pesquisa com o desenvolvimento de trabalhos que podem contribuir e muito com a produção agropecuária nacional.

“Aqui na região Norte, onde atualmente moro e trabalho, ainda há muito o que se fazer e aos poucos novos colegas estão se formando ou vindo de outras regiões para alavancar as pesquisas e a produção agropecuária”, pontua.

O TRABALHO

Em seu trabalho, Rondon utilizou o sistema Aquaponia, ferramenta que integra a produção aquícola com a produção de hortaliças. Mas a pesquisa em si não era para avaliar o desempenho dos peixes e plantas produzidas e sim a utilização do sistema aquaponico com uma ferramenta didática para formação de professores. Rondon trabalhou com professores do ensino médio de uma escola pública e o projeto era utilizado para que os professores ministrassem aulas práticas. Ele exemplifica:

“O professor de biologia poderia falar sobre ciclo do nitrogênio e mostrar como as reações químicas aconteciam. O professor de matemática poderia ensinar cálculo de área e volume. O de física ensinava empuxo, refração, etc.”.

No desenvolvimento do estudo, Rondon também acompanhou alunos de licenciatura em química e biologia. Neste caso, os alunos programavam uma atividade e ministravam aos alunos do ensino médio. Assim teriam a oportunidade de vivenciar o dia a dia de um professor, despertando para a realidade que se aproxima.

5 Comentários
  1. Carolina Lara 1 mês atrás

    Parabéns Rondon!!! Presentando o nosso querido Brasil 🇧🇷 !!

  2. Débora Barroso 1 mês atrás

    Parabéns professor…

  3. Nícia Valéria Silva de Araújo 1 mês atrás

    Importante reconhecimento para todos nós!

  4. Denner Matos Roma 1 mês atrás

    Parabéns!!! De caráter interdisciplinar!!Show

  5. Frederico Portella 1 mês atrás

    Parabéns, Rondon!

    Fiquei sabendo da sua pesquisa por essa notícia e fiquei surpreso com a coincidência.
    Sou professor de ciências no Rio de Janeiro e montei um projeto de aquaponia para dar aulas práticas pra alunos do ensino fundamental da rede pública.
    Se quiser trocar informações sobre o assunto, meu mail é fredaxtpor@hotmail.com

    Abs
    Fred

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?