Cumprindo agenda no Congresso Nacional, em Brasília, o presidente da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ), Marinaldo Divino Ribeiro, e o vice-presidente, Cássio José da Silva, estiveram articulando com lideranças políticas a reapresentação de diversos projetos de lei que foram arquivados no final da última legislatura e que beneficiam a Zootecnia. Entre os projetos abordados, está o que trata da definição de piso salarial para zootecnistas. 

(Foto: Ascom)

De acordo com Marinaldo, uma verdadeira maratona de visitas foi feita a deputados federais e senadores. Dentre os parlamentares visitados, estão os deputados José Mário Schreiner (DEM-GO), Paula Moreno Paro Belmont (Cidadania-DF), Liziane Bayer da Costa (PSB-RS) e os senadores Jorge Kajury Reis da Costa Nasser (PSB-GO) e José da Cruz Marinho (PSC-PA).  

Na oportunidade a ABZ entregou um documento que relata de forma suscinta a história da Zootecnia, o papel da associação, a importância do zootecnista e as demandas coletivas da Zootecnia. A acolhida foi cortês e receptiva, bastando agora essa sensibilidade ser traduzida em apoio efetivo aos projetos de interesse dos zootecnistas, seja na reapresentação ou apresentação de novos projetos”, explica Marinaldo. 

(Foto: Ascom)

Além do piso salarial, a diretoria da ABZ articulou o desarquivamento de outros projetos, como: adequação da Lei 5.550/1968, concessão de crédito para projetos empreendedores por profissionais de ciências agrárias recém-formados até no máximo de 5 anos e regulamentação de meia entrada por profissionais das ciências agrárias em eventos agropecuários com contrapartidas. 

“A diretoria da ABZ, nos próximos meses, fará chamada interna de projetos para avaliação e possíveis novas proposituras de projetos de leis interesse da categoria”, explica Cássio. 

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?