A zootecnista Ana Clara Cavalcante, do Ceará, foi anunciada há poucos dias como a nova chefe da Embrapa Caprinos e Ovinos. Ela é a primeira zootecnista a assumir o posto desde que a unidade foi criada há 46 anos. Ana Clara terá um mandato de dois anos.

Ana Clara possui forte experiência em liderança de equipe, gestão e desenvolvimento de projetos (Foto: Leonardo Silva/arquivo pessoal)

Trabalhando na Embrapa desde 2002 como pesquisadora, a zootecnista vem realizando e coordenando trabalhos de destaque, principalmente, no manejo de pastagens nativas.

Ao longo da sua trajetória na empresa, desenvolveu diversos projetos com sistemas de produção de pastagens para ovinos de corte e, também, para caprinos leiteiros. Seu doutorado seguiu na mesma direção e teve como mote o sistema de produção para caprinos leiteiros com uso de gramíneas tropicais em pastagens cultivadas.

“Minha trajetória de pesquisa está 100% focada no desenvolvimento de soluções para os problemas da alimentação animal dos rebanhos, especialmente em ambientes semiáridos”.

O trabalho de Ana Clara voltado para o semiárido, inclusive, não permeia só os territórios nacionais.

Após finalizar o doutorado, já na Embrapa, ela liderou um projeto na África com indicador de sustentabilidade para o manejo de pastagem nativa usando o manejo holístico de pastagens.

Zootecnista durante projeto que desenvolveu na África (Foto: arquivo pessoal)

Para a sua gestão, a zootecnista disse que vai se embasar em dois eixos principais.

O primeiro é a promoção da sustentabilidade dos sistemas pecuários com caprinos e ovinos, considerando as mudanças climáticas e como mitigá-las, gerando animais e plantas mais adaptadas e ferramentas que auxiliem os produtores na gestão econômica e sustentável.

O segundo eixo envolve o componente de agregação de valor para que os produtores tenham produções aptas a acessarem diversos mercados, aumentando a competitividade.

“Há anos nós estamos focados em inovação, para que a gente pudesse estar desenvolvendo pesquisas que vão de encontro aos problemas reais dos produtores. Eu gosto de dizer que trabalho para criar soluções simples para problemas complexos. É o que me motiva”, finalizou.

A Embrapa Caprinos e Ovinos tem atuação nacional, mas está presente de maneira mais ativa onde esta cultura é mais forte, principalmente no Nordeste. A sede da empresa é em Sobral, no Ceará, e possui escritórios também na Paraíba, Bahia, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul.

3 Comentários
  1. José Maria Gomes 2 semanas atrás

    Parabéns, sucesso força e determinação

  2. Parabéns Ana Clara, parabéns EMBRAPA e parabéns a todos deste nosso semiarido, é o sentimento fraterno dos que fazem a Incubadora IEES-UVA (Incubadora Universitária de Empreendimentos Econômicos Solidários da UVA – Sobral-CE).

  3. João Luiz Lopes 2 semanas atrás

    Parabéns pelo desafio aceito. Sucesso nesta empreitada.
    A caprino e a ovinocultura brasileira surgem como ótimas opções dentro do agronegócio.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?