A Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) recebeu com serenidade a notícia do pedido de retirada de tramitação do PL 1428/2021, enquanto a assessoria legislativa do Senado procede à apresentação de nota técnica, formulada pelo próprio autor, Senador Zequinha Marinho. Manifestamos que:

– Nós, Zootecnistas, não estamos em cenário de guerra, ou de nós contra os médicos veterinários e engenheiros agrônomos e demais profissões inseridas no contexto da criação e produção animal. Estamos sim em um processo de construção em que oportunamente a inverdade, as fakes news e as tentativas de desconstrução da verdadeira compreensão do PL prevaleceram;

– Se houve a apresentação de PL é porque alguma coisa não caminha de forma adequada ao interesse da sociedade e em particular para o ambiente de trabalho dos profissionais Zootecnistas, cabendo à instituição que congrega e o representa articular-se para apresentação de projetos que busquem o devido tratamento;

– O Zootecnista, juntamente com diversas outras especialidades profissionais, continuará sólido nos seus princípios, nas suas origens e missão de prestar serviços de qualidade, gerar conhecimento, inovações e tecnologias que somam para o desenvolvimento da agropecuária brasileira, possibilitam a geração de empregos e divisas ao país, a melhoria da condição de vida do homem do campo e da vida das pessoas com produção de alimentos de origem animal e seus derivados de forma segura;

– Vencer a incompreensão, criar ambiente de tratamento adequado aos Zootecnistas e forjar novos tempos em que se deve prevalecer a competência adquirida no processo de formação para atuar nos campos da criação e produção animal no Brasil contemporâneo é mudar paradigma e sobrepor interesses corporativos entranhados há longa data em estruturas fortes e com números superiores à Zootecnia;

– Não é hora de negativismo, de desrespeito nas comunicações e interlocuções com os colegas de outras categorias profissionais e tão pouco de desânimo, pois sempre nos pautamos pela abertura ao diálogo e à construção. É hora de analisar o cenário, dar as mãos à ABZ, pois somos resilientes e capazes de construirmos caminhos possíveis para levar a termo nossos objetivos que são claros: criar ambiente jurídico confortável ao Zootecnista, sem prejuízo às outras categorias, onde se prevaleça a competência, em detrimento de instrumentos normativos restritivos. Podemos ter tido mudança de percurso imediata, não a desconstrução ou interrupção definitiva da ação coletiva organizada e liderada pela ABZ;

– Agradecemos ao Senador Zequinha Marinho e seu gabinete pela acolhida da proposta e a ter transformado em um corajoso PL, que segue seu curso oportunizando debate qualificado, construção de melhor compreensão do seu inteiro teor e com mérito do pleito;

– Que o Conselho de Classe, ao qual estamos obrigados a nos inscrever por força de lei, fará, dentro do ambiente democrático, com efetiva participação da ABZ, bem como dos Zootecnistas inseridos na sua estrutura recém-criada de Câmara Técnica de Zootecnia, e em observância aos princípios da administração pública estabelecidos em nossa Constituição Federal, o cumprimento de sua argumentação apresentada ao Senador para retirada de tramitação do PL, onde pontua: “no intuito de evitar conflitos futuros e propiciar uma redação que, além de não deixar margem à interpretação, garanta o pleno exercício da profissão aos zootecnistas, médicos-veterinários e engenheiros agrônomos” em continuidade à busca da desejada adequação protocolada junto ao sistema, oportunamente, ainda em 2018;

– Que a Zootecnia Brasileira, liderada pela ABZ, privilegia e mantém-se aberta ao diálogo democrático, respeitoso e em condições iguais;

– Que a Zootecnia Brasileira, liderada pela ABZ, privilegia a competência em observância ao artigo 5º, inciso XIII, da Constituição Federal, que diz: “XIII – e livre o exercício de qualquer trabalho, ofício ou profissão, atendidas as qualificações profissionais que a lei estabelecer”;

– Que nosso país, nossa agropecuária e a sociedade farão a justeza merecida aos profissionais Zootecnistas, ainda que demore mais que o desejável;

– Juntos e unidos em torno da ABZ, como entidade representativa, que vamos crescer, nos tornar mais fortes e continuar a inspirar sonhos em busca de legados para nossa amada Zootecnia e seu coletivo.

 

Associação Brasileira de Zootecnistas.

6 Comentários
  1. Luísa Melville Paiva 4 meses atrás

    Parabéns! Tenho muito orgulho no exercício de minha profissão. E sigo com honra, na busca pelo seu entendimento pela sociedade, principalmente num cenário onde, e cada vez mais, se faz necessária a competência profissional. A ABZ me representa, com coerência, honradez e comprometimento com o pleno exercício dessa profissão. Sigamos juntos e seremos fortes em nossa certeza.

  2. Marinaldo Divino Ribeiro 4 meses atrás

    é isso, precisamos dessa unidade.

  3. Carlos Eduardo do Prado Saad 4 meses atrás

    Parabéns ABZ, as distorções geradas propositalmente sobre o PL 1428/21 não vão esmorecer a constante luta por nossos direitos.

  4. Lais Brito 4 meses atrás

    Muito bom. Concordo com tudo o que está escrito.
    Obrigada por me representar.

  5. Valdir Alencar Athayde 4 meses atrás

    Zootecnistas!!! Todos juntos somos mais fortes.

  6. […] “Nós, Zootecnistas, não estamos em cenário de guerra, ou de nós contra os médicos veterinários e engenheiros agrônomos e demais profissões inseridas no contexto da criação e produção animal. Estamos sim em um processo de construção em que oportunamente a inverdade, as fakes news e as tentativas de desconstrução da verdadeira compreensão do PL prevaleceram. Se houve a apresentação de PL é porque alguma coisa não caminha de forma adequada ao interesse da sociedade e em particular para o ambiente de trabalho dos profissionais Zootecnistas, cabendo à instituição que congrega e o representa articular-se para apresentação de projetos que busquem o devido tratamento”, destacou a ABZ (leia a nota, na íntegra, no site da entidade) […]

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?