A Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) vem a público manifestar intensa consternação pelo assassinato brutal da estudante de Zootecnia Maria Júlia Martins, que era aluna do primeiro período de graduação da Faculdade de Engenharia de Ilha Solteira (FEIS) da Universidade Estadual Paulista (Unesp). Ela foi assassinada a facadas na tarde dessa segunda feira (9), na zona norte de Ilha Solteira (SP). Uma vida com sonhos e planos dentro da Zootecnia que foram interrompidos covardemente.

Repudiamos todo e qualquer tipo de violência, principalmente contra a mulher, e não podemos ficar omissos a mais um caso de feminicídio. Exigimos das autoridades a apuração do caso e a prisão de quem estiver envolvido no assassinato de Maria Júlia.

A ABZ e toda a comunidade zootécnica do país, neste momento, se solidarizam e oram por conforto aos familiares, amigos, e corpo acadêmico da Unesp de Ilha Solteira.

Brasília, 10 de abril de 2018

Zootecnista Marinaldo Divino Ribeiro
Presidente da ABZ

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Associação Brasileira de Zootecnistas
ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?