Zootecnistas recém-formados podem se inscrever em um novo Programa de Residência Técnica lançado pelo Governo do Estado com o foco na Economia Rural. Ao todo são 70 vagas disponíveis. Além de profissionais da Zootecnia, podem concorrer outros profissionais de agrárias, além de áreas de ciências sociais aplicadas e saúde.

As inscrições estão abertas e vão até o dia 12 de julho. O objetivo é incentivar o aprimoramento profissional de recém-formados que concluíram cursos de graduação no período inferior a 36 meses. A residência técnica é composta por um curso de pós-graduação (especialização) e atividades práticas, realizadas em instituições ligadas ao Governo do Estado.

Os residentes técnicos recebem uma bolsa-auxílio no valor de R$ 1.900,00, por um período de até 24 meses.

Segundo o Governo do Estado, a Residência em Economia Rural será desenvolvida em parceria entre a Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti), Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar), Instituto de Desenvolvimento Rural do Paraná-Iapar-Emater (IDR-Paraná) e coordenada pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste).

SELEÇÃO

A seleção será feita em duas etapas. A primeira é a prova que acontecerá no formato online, no dia 21 de julho, e terá peso 90. A segunda etapa é a análise de currículo, com peso 10 para todos os candidatos.

O valor da inscrição é de R$ 150,00 e deverá ser feita unicamente por meio digital (aqui).

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?