Zootecnista Ana Alix é vencedora do prêmio Octávio Domingues

A zootecnista e associada da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ), Ana Alix Mendes de Almeida Oliveira, foi a vencedora da edição deste ano do prêmio Octávio Domingues, condecoração ofertada pelo Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) que reconhece o trabalho de zootecnistas para o crescimento da profissão no Brasil. Ana Alix é a nona zootecnista a receber a premiação.

Zootecnista Ana Alix

Zootecnista Ana Alix Mendes de Almeida Oliveira (Foto: arquivo pessoal)

Em seus 25 anos de profissão, Ana Alix possui um currículo que vai além do que pode ser registrado no Lattes. Formada pela Universidade Federal de Viçosa (UFV), Ana Alix se considera uma militante da equideocultura, área que, na sua opinião, é pouco reconhecida dentro da zootecnia. Após sua formação, ela fez mestrado em zootecnia também na UFV e doutorado em zootecnia com área de concentração em produção animal pela Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV) da Universidade Estadual Paulista (Unesp). A zootecnista possui ainda especialização em nutrição equina pela Universidade Estadual da Califórnia e pós-doutorado em ciência animal no Centro de Energia Nuclear na Agricultura, na Universidade de São Paulo (USP).

Na bagagem, Ana Alix traz diversas contribuições para o cenário da equideocultura, como a primeira pesquisa de digestão pré-cecal com equinos fistulados no íleo no Brasil, sob coorientação da médica veterinária Maria Ignez Leão.

“Desde a graduação em Viçosa, procurei como zootecnista me especializar em Equideocultura, pela sólida formação em nutrição, tive a oportunidade de escolher uma área diminuta, com poucos profissionais zoootecnistas atuantes: nutrição e fisiologia da digestão com equinos”.

Dando continuidade aos estudos de nutrição, Ana Alix teve a oportunidade de trabalhar com metabolismo mineral com potros e marcadores radioisótopos no caso P32, correlacionando a suplementação mineral feita pela indústria de nutrição animal nas rações para equinos sob orientação do agrônomo Hugo Tosi e da bióloga Dorinha Vitti.

Depois deste período, veio o doutorado, mais estudos sobre o metabolismo animal e a entrada na docência, na Universidade São Marcos.

Atualmente, Ana Alix é professora-associada da Universidade Estadual do Oeste do Paraná (Unioeste), em Marechal Cândido Rondon, onde foi aprovada em 1º lugar no concurso para equideocultura no curso de zootecnia. Apesar da área de atuação no concurso ser específica, ela enfrentou a resistência cultural da região, que não era habituada com equinos.

“Esta é uma região com forte tradição em agricultura familiar. Suínos, aves e bacia leiteira, nada de equinos. O reitor na época me dizia que cavalo era coisa de milionário, que não era papel da universidade trabalhar com essa espécie, uma vez que a marca forte da Unioeste era a de extensão em assistência direta à comunidade do Oeste do Paraná”.

Aos poucos, Ana Alix conseguiu mostrar aos colegas acadêmicos e à comunidade o papel social dos equinos, introduzindo sua grande paixão no contexto social de Marechal Candido Rondon. Escrevendo projetos em diferentes editais, a zootecnista conseguiu construir o Centro de Pesquisas em Equoterapia do curso de zootecnia da Unioeste, projeto em andamento o qual Ana Alix é coordenadora.

“Estamos com 12 cavalos utilizados nas aulas do curso de zootecnia, práticas das disciplinas de equideocultura, exterior e julgamento, e também desenvolvemos equitação lúdica assistencial para crianças e adolescentes com dificuldades de aprendizagem nas redes públicas de ensino do município de Marechal Cândido Rondon”.

O PRÊMIO

O prêmio Octávio Domingues é uma homenagem a Octávio Domingues, autor de diversos estudos de importância para o desenvolvimento da zootecnia no Brasil. Nascido em Xapuri (AC), ele foi o primeiro professor de zootecnia da Escola Superior de Agricultura do Pará, em 1918. Graduou-se como engenheiro agrônomo em Piracicaba (SP) e pós graduou-se nos Estados Unidos. Lecionou a disciplina ‘zootecnia geral’ na Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, onde cursou a graduação. Mais tarde, passou a professor catedrático de zootecnia especial da Escola Nacional de Agronomia, hoje Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ).

11 Comentários
  1. Ruben Velazco Gutierrez 1 mês atrás

    A perseverança e amor a profissão de mostram a qualidade da Pessoa e o mérito profissional está sendo reconhecido.Parabéns Ana

  2. Regina Bernik 4 semanas atrás

    Parabens Ana ,
    Sua paixao, inteligencia e perseverança construiram passo a passo sua brilhante carreira.

  3. Bartolomeu Homem d'El-Rei Pinto 4 semanas atrás

    Querida Ana, é de profissionais como você quer o Brasil precisa. Parabéns. Sucesso. Beijos, Bebeto.

  4. Andrea Buss 4 semanas atrás

    Parabéns Ana, eu que acompanhei o seu começo sei bem as dificuldades que vc enfrentou e os “leões que teve que matar” para chegar nessa etapa.
    Continue firme pois o seu caminho é brilhante.

  5. Kate 4 semanas atrás

    Parabéns 👏🏾👏🏾👏🏾👏🏾Ana ! Por defender a Equideocultura !

  6. Tricia Barboza 4 semanas atrás

    Parabéns, Ana Alix. Muito feliz em ver uma colega receber esse prêmio. E mais importante é ter o seu trabalho, esforço e dedicação reconhecidos. Beijo grande, saudades.

    • Ana Alix Mendes de Almeida Oliveira 4 semanas atrás

      Obrigada Ruben…bons tempos nosso na são Marcos
      Regina….vc conviveu e fez parte da trajetoria…super abs
      Bebeto…obrigada pelos elogios…o Brasil vai melhorar…..abs para Niterói
      Obrigada Andreia…nada garantido…o trabalho é contínuo…..e de preferência talvez sirva de estímulo para os novos que estão iniciando….
      Kate….a caçula dos novos docentes de Equideocultura…que vc leve a Goiás toda a empolgação e vibração que tive a oportunidade de conhecer
      Tricia…obrigada pelas palavras….
      Guilherme…estou precisando da sua ajuda no projeto…bjs saudosos…..obrigada pelo carinho]
      Obrigada a todos que utilizaram esse canal para me cumprimentar…divido cada pedacinho dele com vcs…
      Forte abraço!!!

  7. GUILHERME MINSSEN 4 semanas atrás

    Parabéns pelo título que veio a galope.

  8. Severino D. J. Villela 4 semanas atrás

    Prezada Ana Alix, parabéns pelo merecido prêmio. Abraços

  9. HUGO TOSI 3 semanas atrás

    PARABENS ANA ALIX, VOCE MERECEU, PELA SUA INTELIGENCIA, DEDICAÇAO A PESQUISA CIENTIFICA E HONESTIDADE NO TRABALHO, COM DESTAQUE PARA PESQUISAS DE AMPLA PROFUNDIDADE CIENTIFICA E INEDITOS, RESULTANDO EM DADOS PRECISOS E MUITO VALIOSOS DE DIGESTIBIIDADE DE INGREDIENTES EM ANIMAIS FISTULADOS E BIODISPONIBILIDADE BIOLOGICA DO ELEMENTO FOSFORO COM ISOTOPO RADIATIVO, QUE NATURALMENTE INTERESSAM A COMINIDADE CIENTIFICA INTERNACIONAL. PROSSIGA NESSA LINHA DE PESQUISA, PUBLIQUE E SEJA FELIZ.

  10. Aldo Cappucci Filho 2 semanas atrás

    Parabéns Ana… que está paixão pelos animais gere cada vez mais frutos! Vc merece! Parabéns!!

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2017 Associação Brasileira de Zootecnistas
Desenvolvido por Agrobase
ou

Fazer login com suas credenciais

ou    

Esqueceu sua senha?

ou

Create Account