O zootecnista Ricardo Araújo, professor da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), ficou em segundo lugar no Prêmio Fapema, categoria Jovem Pesquisador. Ele foi o único zootecnista concorrendo na categoria, que teve profissionais selecionados em todo o Estado. A iniciativa é da Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico do Estado do Maranhão e do Governo do Estado.

(Foto: Reprodução/Instagram)

“Mais uma vez agradeço a todos que contribuíram para que essa premiação fosse possível! 2° Lugar na categoria Jovem Pesquisador. Em especial a todos os amigos e familiares. Que Deus abençoe a todos vocês, desejo isso do fundo do meu coração, muito obrigado”, disse em post no Instagram em que comemorou a conquista.

Validando o destaque de Ricardo no setor, o professor tem na bagagem pesquisas recentes voltadas para a destoxificação da torta de mamona e seu uso na alimentação de cabras leiteiras, durante todas as fases produtivas, desde a recria, gestação e lactação. Outro trabalho foi direcionado à parte econômica de sistemas de produção, tal como criação de caprinos em agricultura familiar.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?