Com o mercado cada vez mais competitivo, é muito importante que os produtores rurais estejam cada vez mais preparados para enfrentar as adversidades do seu negócio, reduzindo os riscos e melhorando a gestão de sua empresa ou propriedade rural. Para isso, conhecimento em técnicas zootécnicas são essenciais.

Para o zootecnista e coordenador do Projeto Educampo/Labor Rural, Christiano Nascif, que a gestão é fundamental para resolver problemas, promover mudanças e buscar métodos.

“É preciso coletar dados técnicos e econômicos da atividade, pois ninguém gerencia nada que não seja mensurável. Gerenciar é ter informação para tomada de decisão”, explicou Nascif durante uma palestra realizada nesta semana em Nossa Senhora da Glória, em Sergipe. A programação fazia parte do Dia de Mercado da Pecuária Leiteira, promovido pela Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA).

O zootecnista defendeu que dados de qualidade com pontualidade possibilitam uma tomada de decisão nacional, com segurança e tempo hábil. Para ele, o sucesso da atividade leiteira é ter o custo equilibrado, fazer a gestão, ter comprometimento, analisar escala e qualidade da produção e ficar atento ao preço.

“Com as informações do passado, podemos, no presente, planejar um futuro mais eficiente da atividade”.

Na visão do zootecnista Airon Melo, diretor da Universidade Federal de Pernambuco (UFRPE), a utilização de palma forrageira e alternativas para alimentação volumosa do rebanho leiteiro também são uma boa técnica para aumentar a rentabilidade. Segundo ele, a palma é uma planta que se adapta facilmente a vários climas, inclusive no semiárido, já que ela não precisa de muita umidade para produzir.

“A cactácea tem se tornado a melhor alternativa de alimentação para o gado leiteiro em regiões de extrema seca. Além de ser constituída por 90% de água, ela fornece 70% de energia para o animal”.

Conforme Airon, a palma forrageira aumenta a produção ano após ano, mantém constantes os nutrientes, sem necessidade de conservação e ainda é fornecida como ingrediente em dieta animal, como fonte de fibra efetiva.

“A palma é o ouro verde do semiárido”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?