Uma pesquisa de escala mundial lançada neste mês e que segue disponível até a primeira semana de dezembro está levantando dados sobre como está hoje a representatividade feminina na agroindústria. Zootecnistas, acadêmicas e acadêmicos de Zootecnia que já trabalham no setor podem participar.

A pesquisa é conduzida pela Altech, companhia de tecnologia que está alinhada com os princípios da ONU para incentivar a igualdade de oportunidades entre os gêneros. Sobre o tema, a zootecnista Bianca Martins, gerente da Altech no México, explicou que o levantamento ajudará a compreender melhor o que pode ser melhorado no setor para atingirmos a igualdade entre gêneros nos espaços.

“Essa pesquisa tem o objetivo, também, de perceber o quanto a pandemia afetou a relação laboral entre os gêneros, quando o ambiente laboral para de ser em escritórios e em campos de produção e passa a ser dentro de um âmbito muito mais familiar. Outro ponto é perguntando o que vai ser do futuro. O que a gente precisa fazer pra realmente alcançar esse objetivo de representatividade?”, explica.

No ano passado, a Altech realizou uma pesquisa sobre o mesmo tema, porém, com menos detalhamentos que a pesquisa deste ano. Na época, 43% das mulheres participantes se sentiam bem representadas na agroindústria. Isso não significa, entretanto, que o número de mulheres no setor seja efetivamente representativo.

“Em 2019, 43% das mulheres disseram se sentir representadas. Com o mesmo questionamento feito para homens, eles disseram que 63% do setor é representado por mulheres. Na diferença desses números a gente pode ver que talvez exista um ruído de comunicação, onde cada um vê a mesma situação de uma maneira diferente. E identificando esse ruído e buscando as soluções, a gente consegue realmente chegar ao nosso objetivo que é a igualdade de oportunidades entre mulheres e homens”.

Diferente do ano passado, a pesquisa de agora é conduzida em mais idiomas além do inglês (português brasileiro está incluso). Profissionais da Zootecnia, mulheres e homens, que queiram contribuir, podem acessar a pesquisa através deste link.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2020 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?