A zootecnia de precisão vem permitindo criadores de aves, suínos e bovinos a conseguirem controlar ambiente, nutrição, manejo e sanidade com a ajuda da tecnologia. A prática, que dá o tratamento exato para a necessidade dos animais, é uma tendência que vem ganhando força no mundo todo. As informações são do portal Avicultura Industrial.

Para debater o assunto, a professora Universidade de Milão, Marcella Guarino, estará no Brasil apresentando resultados de um projeto intitulado “EU-Precision Livestock Farming Europeia”, que trabalhou a zootecnia de precisão em frangos de corte. O trabalho é voltado para a aplicação de possíveis soluções inovadoras para a monitorização automática das condições de saúde e bem-estar dos animais na produção.

Segundo Marcella, quando pensamos em zootecnia de precisão o setor ainda enfrenta alguns desafios, tendo em vista que o aumento da demanda por carne exercerá uma pressão ainda maior sobre a consolidação e eficiência do setor, gerando a criação de granjas maiores. Dessa forma, a economia de escala e especialização deixará as granjas cada vez maiores e com menos produtores.

“O produtor moderno é confrontado com a crescente pressão para cuidar de um grande número de animais por granja, a fim de ter um negócio economicamente viável. Hoje, o apoio técnico pode trazer os animais para mais perto do produtor, ajudando-o na coleta de informações. Ao mesmo tempo, há preocupações crescentes sobre a saúde animal em relação a questões de saúde humana, além de outros aspectos do bem-estar que se tornaram um ponto importante”.

De acordo com a professora, os europeus têm mais consciência sobre a manutenção dos animais para a produção de alimentos.

“Eles devem ser criados, tratados e abatidos de forma mais amigável. Como consequência, muitas variáveis precisam ser monitoradas durante o processo de produção em nível animal, da granja e de cadeia alimentar”.

Os resultados do trabalho serão apresentados durante palestra no II Congresso de Zootecnia de Precisão, que será realizado em paralelo a AveSui, no dia 25 de abril, em Florianópolis (SC).

1 Comentário
  1. JOSE CYPRIANO 7 anos atrás

    Temos que achar soluções simples, baratas e eficientes para melhorar a criação do pequeno e médio produtor com técnicas de alimentação manejo sanidade e bem-estar dos animais na produção.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2024 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?