Recriando o habitat natural dos camarões, dois estudantes de zootecnia da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT) estão testando diferentes técnicas para produzir estes crustáceos em tanques. Para o ambiente ideal, eles utilizam água, sais e correntes de ar, injetados no tanque por meio de uma bomba. A iniciativa é dos acadêmicos Roosevelt Lote e Penelope Mosquero. As informações são da TV Centro América.

De acordo com os estudantes, o projeto foi motivado pela dificuldade de importação de camarão de outros estados para o Mato Grosso. Nos primeiros testes, foram utilizados 50 mil larvas do crustáceo. A água utilizada no sistema, que é chamado de BioFlocos, não precisa ser trocada durante cinco anos.

“Esse excesso de flocos que pode ficar do sistema pode virar farinha e até mesmo ração para os camarões”, explicou Roosevelt.

De acordo com a estudante Penelope Mosquero, apesar da produção de camarões ainda ser pequena, com o tempo eles pretendem comercializar em grande escala. Os camarões foram trazidos do Rio Grande do Norte, enquanto ainda eram larvas.

Para manter a produção, os acadêmicos pretendem fazer uma ração apenas com os ingredientes encontrados no estado, como farinha de milho.

Para o zootecnista Gilcler Alcino de Souza, essa forma sustentável na produção de camarões também facilita a solicitação de licenças ambientais.

“A questão de outorga na utilização de água, que é obrigatório para qualquer tipo de licenciamento será mais simplificado”.

Para a Associação dos Aquicultores do Estado de Mato Grosso (Aquamat), o cultivo do camarão, conhecido como carcinicultura, pode ter boa demanda no Estado.

“Isso traz para o agronegócio mais uma alternativa de renda. Se conseguimos produzir esse camarão, poderemos até exportar”, disse o presidente da entidade, Daniel Garcia Melo.

Os próximos passos do projeto devem ser divulgados assim que a fase experimental foi apresentada em um evento de discussão sobre piscicultura e carcinicultura, previsto para acontecer neste mês.

3 Comentários
  1. PAULO de Tarso de Paiva Martins 6 anos atrás

    Boa noite. Estou interessado em maiores informações sobre o evento da carciniciltura.
    Qual meio posso ser comunicado da data?

    • Caio Budel 6 anos atrás

      Oi Paulo! Infelizmente nós não temos informações sobre este evento. Se você entrar em contato com departamento de zootecnia da UFMT, talvez eles saibam te dizer a qual evento os acadêmicos se referiram.

  2. Helaine 6 anos atrás

    Provavelmente o evento que estão se referindo, se trata do Fenacam que ocorrerá em novembro em Natal.

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2024 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?