A diretoria executiva da Associação Brasileira de Zootecnistas (ABZ) está solicitando, mais uma vez, a inclusão de zootecnistas em um concurso público. Desta vez, um ofício foi encaminhado para a organização do certame da Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária (Adagro), do Estado de Pernambuco. O concurso oferta 90 vagas para o cargo de Assistente de Defesa Agropecuária e 50 vagas para o cargo de Fiscal Estadual Agropecuário. Só agrônomos e médicos veterinários podem concorrer.

A solicitação formal da ABZ foi feita a Marília Raquel Simões Lins, Secretária de Estado de Administração de Pernambuco, e a Paulo Roberto de Andrade Lima, Diretor da Adagro-PE. Ambos foram alertados sobre o que prevê a Lei Federal nº: 5.550/1968, que dispõe sobre o exercício do zootecnista, especialmente em seu artigo 3º, que descreve as atribuições privativas dos profissionais.

“É frustrante ver que situações como essa continuam ocorrendo, mas não podemos nos dar por vencidos. Enquanto associação, já fizemos diversas solicitações deste tipo este ano e muitas delas foram atendidas. E vamos continuar exigindo a participação de zootecnistas em concursos que ofertam vagas que podem, por direito, ser preenchidas pela nossa categoria”, disse o presidente da ABZ, Marinaldo Divino Ribeiro.

No documento enviado pela ABZ, a diretoria também alerta sobre a Resolução CNE/CES nº: 04/2006, que dispõe sobre as Diretrizes Curriculares Nacionais dos cursos de graduação em Zootecnia. O contingente profissional, além de outros argumentos, também são mencionados.

A solicitação foi feita pela ABZ nesta quarta feira (26). Quando uma resposta for dada pela instituição, ela será divulgada através do site da associação.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2018 Associação Brasileira de Zootecnistas
ou

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?