Dados divulgados recentemente pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) revelaram que, mais uma vez, a agropecuária foi destaque na oferta de empregos, contratando 9,821 profissionais em 2015. O setor foi o único a apresentar saldo positivo, resultado obtido graças ao aumento da produção e das exportações de produtos agrícolas.

De acordo com os dados do Caged, só no ano passado o Brasil aumentou em 7,7% a produção agropecuária na comparação com 2014. A média de produção ultrapassou o recorde anterior, batendo a marca de 209,5 toneladas conforme dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia também: Sudeste é uma das regiões com mais divulgação de vagas para zootecnistas, aponta levantamento

Para o ministro interino da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, André Nassar, o bom desempenho da agropecuária em 2015 mostra que os produtores brasileiros mantêm forte confiança no setor e continuam investindo na produção de alimentos para abastecer o mercado doméstico e ampliar as exportações.

“Nos três primeiros trimestres de 2015, o Produto Interno Bruto (PIB) do setor agropecuário cresceu 2,1%. Tivemos uma supersafra e exportação recorde. Tudo isso se reverteu em emprego”.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2019 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?