Prestes a completar 50 anos no Brasil, a zootecnia vem ganhando cada vez mais espaço dentro do cenário nacional. Em 2014, a profissão passou a ser representada pela primeira vez dentro Exército Brasileiro com o gaúcho Dario Rodrigo Fagundes Pires, de 35 anos, que atua como zootecnista dentro do Campo de Instrução Barão de São Borja, em Rosário do Sul.

O caso de Pires, divulgado pela revista Veterinária e Zootecnia do Conselho Regional de Medicina Veterinária do Rio Grande do Sul (CRMV-RS), mostra que a profissão vem passando por um importante período de consolidação e de expressiva ampliação.

Para Pires, ser o primeiro zootecnista do Brasil a desempenhar uma atividade em benefício da nação é muito importante para a divulgação da profissão.

“Poder aliar este sonho com a minha profissão foi uma grande realização, pois hoje desempenho uma função de muita responsabilidade”, disse em entrevista à Veterinária e Zootecnia.

Porém, antes de ingressar na zootecnia, Pires teve que passar por um período corajoso de transição, isso porque o primeiro curso que ele fez foi medicina veterinária. No entanto, ele logo se identificou com as disciplinas zootécnicas de produção animal e decidiu migrar de curso, visto que o profissional da zootecnia tem formação mais voltada à produção animal, à nutrição, ao melhoramento genético e à gestão.

“O zootecnista trabalha em todos os elos da cadeia produtiva, buscando sempre a otimização no aspecto biológico e financeiro, aliando a isso uma produção ética através do bem-estar animal e da exploração consciente dos recursos naturais”.

Atualmente, Pires é segundo tenente e um dos responsáveis pelo Projeto Bovinocultura do Exército em Rosário do Sul. O projeto possui uma reserva técnica de 4.500 mil animais e consiste na criação de bovinos de corte de ciclo completo.

Para ler a entrevista completa de Pires e outras notícias abordadas pela Veterinária e Zootecnia, clique aqui.

6 Comentários
  1. Gabriel Peixoto Guerra 6 anos atrás

    Olá, faço Zootecnia no IFTM(Instituto Federal do Triângulo Mineiro), gostaria de saber como que eu faço para ser um oficial do exército zootecnista? Eu queria juntar as duas coisas pois amo a zootecnia, e realizar o sonho de ser militar. Obrigado desde já.

    • Caio Budel 6 anos atrás

      Oi Felipe! O ideal é ficar de olho nos editais do exército, disponíveis no site das forças armadas. Neste link (http://www.eb.mil.br/web/ingresso) costumam aparecer oportunidades periodicamente. 🙂

  2. Andreza Paz Rodrigues 6 anos atrás

    Ola, fasso curso de zootécnia, e queria saber se posso fazer meu estágio no exercito?

  3. Karla Débora Santana Pacheco 6 anos atrás

    Prezados, bom dia.

    Sou Zootecnista e aguardo uma oportunidade de ingressar no Exército Brasileiro. Moro em Belém/PA. Aqui nunca abriu vaga para a minha profissão. Fico na expectativa da oportunidade em outros Estados.

    Respeitosamente,

    Karla Débora Santana Pacheco
    (91) 99829 1166

  4. Daniele 5 anos atrás

    olá,Boa noite! então onde eu moro o curso de zootecnia só tem como pós graduação primeiro eu terei de cursar biologia..eu gostaria de saber se e aconselhável fazer a pós graduação antes de tentar algum concurso pro exército?

    • Caio Budel 5 anos atrás

      Oi Daniele! Tudo vai depende da área que você pretende atuar! Se você pretende atuar como zootecnista no exército, o ideal é que foque na graduação de zootecnia primeiro. 🙂

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

©2021 Associação Brasileira de Zootecnistas

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?